Casamento Quinta do Hespanhol :: Patrícia + Ricardo

IMG_2171Hoje as fotografias têm um sabor doce. São de uma história de amor que vem sendo a ser escrita há muitos anos. São de um dia muito feliz com cerca de 300 pessoas. São de uma festa bonita num sítio onde adoro fotografar, com pessoas que nos recebem de sorriso rasgado e que dão o seu melhor para que tudo corra bem. São fotografias que deram lugar à capa de um livro que me deixou muito feliz. E são as fotografias de um dia em que a Patrícia e o Ricardo começaram uma família, que hoje já conta com mais uma Alice. E tudo isto me deixa feliz.

E sem mais demoras, aqui fica o casamento da Patrícia e do Ricardo para que possam deliciar-se com o mood romântico e floral!

PR_270914-20PR_270914-4PR_270914-8PR_270914-35PR_270914-70IMG_1471IMG_1366 IMG_1372Untitled-1IMG_1541IMG_1543 IMG_1446 IMG_1493 IMG_1504 IMG_1516 IMG_1532 IMG_1547 IMG_1552 IMG_1559 IMG_1563 IMG_1595 IMG_1612Untitled-3 IMG_1628IMG_1635IMG_1620 IMG_1647 IMG_1650 IMG_1665 IMG_1668 IMG_1674 IMG_1683 IMG_1699 IMG_1723 IMG_1740 IMG_1787 IMG_1806 IMG_1833 IMG_1852 IMG_1854 IMG_1898 IMG_1933 IMG_1946 IMG_1957 IMG_1982 IMG_2000 IMG_2029 IMG_1465Untitled-2IMG_2048IMG_2067 IMG_2143Untitled-4 IMG_2165 IMG_2171 IMG_2175 IMG_2180 IMG_2187 IMG_2189IMG_2235IMG_2241IMG_2245 IMG_2215 IMG_2223 IMG_2224Untitled-5 IMG_2227 IMG_2233PR_270914-572IMG_2593IMG_2596 IMG_2253 IMG_2360 IMG_2366 IMG_2368 IMG_2370 IMG_2371 IMG_2384 IMG_2412 IMG_2500Untitled-6 IMG_2540 IMG_2554 IMG_2613 IMG_2619 IMG_2626 IMG_2643 IMG_2646 IMG_2758 IMG_2805 IMG_2810 IMG_2869 IMG_2875 IMG_2882 IMG_2892 IMG_2895 IMG_2904 IMG_2915 IMG_2930 IMG_2965 IMG_2981 IMG_2991 IMG_3025 IMG_3152 IMG_3155

Para saber mais um bocadinho sobre os preparativos deste casamento bonito, pode ler a entrevista no Simplesmente Branco aqui!

Pedir informações * Ask for info!
Outros Casamentos / Facebook / Instagram / Pinterest

365 Daily Stories

Untitled-1

Em primeiro lugar, espero que este ano esteja a ser ótimo por aí. Por aqui, já vi melhores começos, até agora Janeiro não está a surpreender, mas acho que é um misto de tempo-deprimente-a-juntar-à-gripe-de-fim-de-ano. Acho que é sempre assim, não é? Vi alguém no Instagram a queixar-se do mesmo… qualquer coisa de Janeiro ser a segunda-feira dos meses. É que é toda uma neura desconsolada neste regresso ao trabalho depois de dias auspiciosos a não fazer nenhum, a tentar descansar, entre sestas no sofá, maratonas de Netflix e comer de duas em duas horas. E claro, a tal gripe de fim de ano que me bateu à porta não ajudou muito neste início de ano novo!

06.01.2016

Vivendo em Lisboa, uma pessoa habitua-se ao sol esplendoroso que costumamos ter sempre. Sei que Janeiro não costuma ser propriamente um mês muito soalheiro, mas vamos lá a não exagerar nisto. Já vamos com quase duas semanas e nada de sol. E a ausência dessa luz está de facto a  deixar-me perturbada.

Ainda assim, arregacei as mangas e arranquei com aquilo de que já tinha saudades e que sabia que ia dar início – Projecto 365, que neste ano até são 366, mas continuo a gostar mais do nome assim. Para quem não sabe, este projecto visa tirar uma fotografia por dia, durante um ano inteiro, sem falhar um único dia sequer. E a verdade é que posso falhar os dias que quiser e depois tirar 10 fotografias seguidas, mas só estaria a enganar-me a mim própria, não é verdade? O desafio é enorme… mesmo gigante. E este Janeiro não está a facilitar.

03.01.2016Mesmo quando se faz profissionalmente o que é suposto fazer durante esses 365 dias, há dias e dias. Há dias em que nada acontece. Há dias em que a nossa cabeça não está sequer sintonizada com isso. Há dias em que se chega às 23h e se percebe que não se tirou fotografia nenhuma e tem-se uma hora para pensar numa coisa decente. Sim, porque isto é giro como desafio. Não é para fotografar o que aparecer à frente de qualquer forma. Mas por outro lado não me coloco a pressão de fazer uma fotografia digna de um prémio todos os dias, mas sim o documentar um ano. E isso é tão bom e tão enriquecedor… no durante e no após.

IMG_9292O livro de 2014 está ainda a ser construído, mas há-de ser terminado e há-de ser encomendado. E é bonito olhar para trás e recordar esses 365 dias. É bonito saber que tenho um ano documentado num livro. É bonito saber que tenho as memórias de um ano em papel.

Sim, porque além das ideias que tinha em mente para 2016 esqueci-me de uma – emoldurar mais fotografias cá em casa. Parece impossível que eu não tenha uma única fotografia minha numa moldura. Nem de amigos, nem dos pais, nem de viagens… Sim, nem uma. Isso tem de mudar. Sim, eu sei que ando sempre a apregoar o contrário. Isto vai mudar!

365 Daily StoriesFacebook / Instagram / Pinterest / Etsy / Menina Lisboa

 

… 2015 a chegar ao fim e 2016 à porta!

IMG_0801

Todos os anos a mesma sensação, e cada vez mais intensa. A cada ano que passa, o ano passa cada vez mais depressa, sem quase darmos por ela. Recordo com um sorriso o final do ano passado. Foi um mês tão intenso, com o meu aniversário, o jantar de Natal no Porto, o Natal em Leiria, e a passagem de ano no Porto novamente. Junta-se a esta azáfama ainda todo o reboliço no trabalho, com os clientes a pedir por favor, algumas fotografias para oferecer no Natal… a edição dos casamentos e sessões, as reuniões com os clientes do ano seguinte, as sessões de última hora com a família, e temos um mês que passa num estalar de dedos.

Mas foi tão bom, tão aconchegante… Depois de um 2014 atribulado, pedia que 2015 fosse bom comigo, me trouxesse histórias bonitas, momentos felizes com as minhas pessoas. Era um pedido cheio de esperança num ano novo!

IMG_0928IMG_1058

Sem pensar em grandes resoluções, fiz uma lista de pedidos e algumas coisas que queria mudar em 2015. Pensei em ler mais, em planear viagens, em exercitar mais o corpo e a mente. Não consegui ler quase nada, viajei apenas para Lanzarote para uma semana fenomenal, e consegui dedicar-me ao Pilates e sentir a mudança no meu corpo e na mente.

2015 acabou por ser um ano em que pus um pouco a máquina de lado, depois de um projecto de 365 dias a fotografar em 2014. Carreguei-a apenas em alguns momentos pontuais do ano e claro, para trabalhar. Passei de um arquivo de fotografias pessoais em 2014 de mais de 10 mil fotografias, para menos de 3 mil este ano.

IMG_6448

Dediquei-me a estar mais presente e a registar menos, porque às vezes também sabe bem. Decidi-me a parar sempre que era preciso, nem que fosse só porque sim. Parar para estar com quem é mais importante para mim. Parar para passar tempo com essas pessoas de coração aberto, e não apenas de fugida. A nossa vida passa, corre, foge-nos pelos dedos, se não prestarmos atenção. E quero recordar-me sempre dos momentos felizes com as pessoas que fazem parte da minha vida.

Juntei amigos cá em casa algumas vezes, visitei outros que estão longe, organizei o brunch mais atribulado e feliz de sempre, fui passar uns dias de férias com alguns amigos e fui num pé e vim no outro ao melhor e mais bonito jantar de Natal. E assim o coração fica cheio e preparado para mais um ano!

IMG_6761

Este blog foi ficando esquecido aos poucos, porque tudo o que havia a fazer intrometia-se sempre, e apenas havia tempo para ir partilhando o que faço profissionalmente. Às vezes nem tinha sobre o que escrever, outras vezes batiam as saudades, mas rapidamente o trabalho me chamava à atenção e eu tinha de regressar.

Não sou de fazer grandes planos, não sou de pensar no futuro, porque desde sempre percebi que o segredo para mim está em não baixar os braços, fazer o que gosto, porque sinto que é o que devo fazer, e o Universo se encarregará de fazer o resto. E já lá vão 35 anos disto.

IMG_7445IMG_8493

E para 2016 tenho apenas algumas coisas pensadas. Logo se vê. Um dia de cada vez, serão 365 portas a abrir, uma a uma. Mas pelo menos em algumas dessas portas, quero que estas coisas estejam por lá:

Quero dar início a um novo projecto 365;
Quero reformular algumas coisas na Hello Twiggs;
Quero que a Menina Lisboa volte a acordar;
Quero voltar a exercitar mais o corpo e a mente (já que no reboliço do trabalho, desde o verão que essa parte está um pouco esquecida);
E quero continuar a ter tempo para as minhas pessoas, para me dedicar a elas, para as fotografar, para as fazer felizes, porque só assim serei uma pessoa mais feliz também. 

Tudo o resto seguirá como deve seguir!

Um brinde a todos os que estão aí desse lado, que ainda gostam de ler o que escrevo, que aguardam pacientemente pelas fotografias, e que me deixam as palavras mais bonitas. Que este 2016 nos traga tudo a que temos direito, com muito amor à mistura, gargalhadas sonoras, lágrimas de felicidade e aventuras escritas no nosso coração e memória.

IMG_8905

Facebook / Instagram / Pinterest / Etsy / Menina Lisboa

Casamento Estufa Real :: Helena + Lino

Hello Twiggs-1

Quem me segue por aqui, sabe o quanto gosto de casamentos pequeninos. E quem me conhece sabe também o quanto gosto de fotografar no Jardim Botânico… Já anteriormente tinha publicado aqui um casamento fotografado aqui e hoje volto a publicar outro com esta doçura de quem junta uns quantos amigos e celebra o amor.

Assim foi o dia da Helena e do Lino. Um amor que atravessou o oceano Atlântico, de Curitiba para Lisboa. Um pedido de casamento em frente ao Mosteiro dos Jerónimos e uma cerimónia simbólica no meio de Lisboa, mas no meio das árvores do Jardim Botânico da Ajuda.

Podem ler mais sobre este casamento no Simplesmente Branco, com uma bonita entrevista aos dois!

Hello Twiggs-2 Hello Twiggs-3 Hello Twiggs-4 Hello Twiggs-5 Hello Twiggs-6 Hello Twiggs-7 Hello Twiggs-8 Hello Twiggs-9Hello Twiggs-1-2 Hello Twiggs-10 Hello Twiggs-11 Hello Twiggs-12 Hello Twiggs-13 Hello Twiggs-14 Hello Twiggs-15 Hello Twiggs-16 Hello Twiggs-17 Hello Twiggs-18 Hello Twiggs-19 Hello Twiggs-20 Hello Twiggs-21 Hello Twiggs-22 Hello Twiggs-23 Hello Twiggs-24 Hello Twiggs-25 Hello Twiggs-26 Hello Twiggs-27 Hello Twiggs-28 Hello Twiggs-29 Hello Twiggs-30 Hello Twiggs-31 Hello Twiggs-32Hello Twiggs-33Hello Twiggs-1-4Hello Twiggs-34 Hello Twiggs-35 Hello Twiggs-36 Hello Twiggs-37 Hello Twiggs-38 Hello Twiggs-39 Hello Twiggs-40 Hello Twiggs-41Hello Twiggs-43 Hello Twiggs-42Hello Twiggs-1-5 Hello Twiggs-44 Hello Twiggs-45 Hello Twiggs-46 Hello Twiggs-47 Hello Twiggs-48 Hello Twiggs-49 Hello Twiggs-50 Hello Twiggs-51 Hello Twiggs-52 Hello Twiggs-53 Hello Twiggs-54 Hello Twiggs-55 Hello Twiggs-56 Hello Twiggs-57 Hello Twiggs-58 Hello Twiggs-59 Hello Twiggs-60 Hello Twiggs-61 Hello Twiggs-62 Hello Twiggs-63 Hello Twiggs-64 Hello Twiggs-65 Hello Twiggs-66

Local: Estufa Real * Jardim Botânico da Ajuda
Vídeo: Maria Imaginária

Pedir informações * Ask for info!
Outros Casamentos / Facebook / Instagram / Pinterest

Sweet & Quick :: Guilherme

IMG_1560A acompanhar este giraço desde que celebrou os 2 anos. É bom vê-los crescer, continuar a registar os sorrisos, as gargalhadas, as corridas, as descobertas… Fotografar casamentos é fotografar uma história de amor a ser celebrada com as pessoas mais importantes da vida de duas pessoas. Ali estão histórias entrelaçadas de duas famílias, amigos de escola, de trabalho e outros que se cruzaram entretanto. Num só dia a celebrar coisas boas, o melhor que há no mundo, o que nos faz sorrir e o que nos faz sentir melhor. É por isso que se diz que é o dia mais feliz das nossas vidas. São dias carregados de emoção, de intensidade…

E nos pais há aquele olhar de orgulho, de ver os filhos a iniciar uma vida nova, a assumir um compromisso perante todos os que são importantes. É o início mais formal de uma nova família a dois… e que mais tarde pode aumentar. Quando aumenta, dizem que a felicidade é inigualável. Por isso é que fotografar alguém que espera um filho, fotografar os pais com o bebé ao colo num aconchego terno do olhar que se enche de amor por aquele ser pequenino e depois vê-lo correr por aí… é o seguimento natural do que faço.

Só depois dos 30 é que soube o que queria fazer na vida, mas uma certeza tive sempre comigo – queria trabalhar com pessoas. E trabalhar com pessoas, com as suas histórias, com o que as faz sentir mais felizes é do melhor que pode haver. É criar memórias para mais tarde recordar, para saborear ao longo dos anos, para deixar às gerações seguintes. É uma forma de sermos recordados, de fazer com que quem vem a seguir a nós saber quem éramos e como éramos.

Não há nada mais bonito que isto. As histórias de vida… das vidas de cada um de nós. E estas histórias em fotografias devem estar espalhadas pela nossa casa. Só assim faz sentido. Só assim se recordam essas histórias.

IMG_1393 IMG_1397 IMG_1437 IMG_1457Untitled-1 IMG_1474 IMG_1516Untitled-2 IMG_1527 IMG_1560 IMG_1562 IMG_1583 IMG_1590Untitled-3 IMG_1596 IMG_1611 IMG_1652

Pedir informações * Ask for info!
Outras Mini-Sessões / Facebook / Instagram / Pinterest

Translate »