Wedding :: Vânia + Francisco

IMG_1134 O fim do ano está ao virar da esquina e a sensação é avassaladora. Por um lado, a lista de coisas que supostamente deveriam estar terminadas até 31 de dezembro não pára de aumentar e secretamente peço que o tempo volte atrás… para setembro, julgo que seria bom ter ainda três meses para o final do ano. Por outro, estou em ânsias para que este ano termine para poder finalmente virar a página para algo novo. Serei a única a adorar a excitação de todo um ano novinho em folha pela frente?

**

The end of the year is right around the corner and the feeling is quite overwhelming. If by one side, the to-do-ultil-31st-december list is growing and growing and I secretly ask to go back… to September, I think three months to the end of the year would be nice again. On another hand, I cannot wait for this year to end so that I can turn the page to something new! Don’t you just love the excitement of a whole new year ahead of you?

IMG_9997 IMG_0007 IMG_0009

Foi um ano particularmente estranho, foi muito feliz nuns momentos, claustrofóbico noutros, com aventuras aqui e acolá e também com lugar para momentos mais tristes. Por ter sido assim estranho é que o desejo que acabe é mais forte. Mas para que este acabe seria necessário que a tal lista fosse riscada de uma ponta à outra, coisa que está longe de acontecer.

**

It was a particularly strange year, with a lot of happy moments, but a bit claustrophobic on another moments, with a few adventures here and there, but also with a few sad moments and events. And because it was that strange I wish it to end as soon as possible. But then again, in order for it to end, I know that I should be crossing items from that to-do list like a maniac… which is far from happening. 

VF #1 IMG_0042 IMG_0049

Uma das coisas que está na lista e vai decerto transitar para 2015 é a publicação do trabalho que foi feito durante este ano. Tantas sessões bonitas que tenho para partilhar, casamentos bonitos, românticos e diferentes e histórias de amor. Na realidade tudo o que publico é uma história de amor e por isso é que gosto do que faço. Mas não gosto de publicar apenas trabalho, e por isso tenho intervalado tanto entre posts sobre aventuras pessoais, viagens, descobertas e estas histórias de amor.

**

One of the things that it’s on the this year’s list and will go from this year to the next one is to sit down and start sharing more of the work I’ve done this year. I have so many beautiful sessions to share, beautiful and romantic weddings, different couples and love stories. Well, to be true everything I do is about a love story and that is why I absolutely love what I do!

But on the other hand, I don’t like to fill the blog with just work… I also like to write personal posts, share my adventures, photos and stories. That is why I’ve been sharing more of those than work itself, but I need ti share more work, because I know that you’ll love what I have to share!

IMG_0074 IMG_0085

E por isso hoje sai uma história de amor, a história da Vânia e do Francisco. No outro dia escrevi que a vida troca-nos as voltas e esta história é mais uma dessas voltas. Não a história entre a Vânia e o Francisco, mas entre mim e a Vânia. Acontece que conheci a Vânia há uns bons anos quando trabalhava em Consultoria e já nem me lembro bem de quando a conheci, mas sei que o nosso trabalho nos levou a partilhar casa em Angola durante algumas semanas. Ainda hoje me lembro de fotografias tiradas na varanda dessa casa com outras colegas e as cadelas que tínhamos nessa casa.

E longe estava eu de saber, e nunca iria acreditar se me dissessem na altura, que anos mais tarde eu estaria a fotografar o casamento da Vânia com o Francisco. A vida troca-nos as voltas e é bom quando as voltas nos fazem ter dias felizes! Um brinde a este amor!

**

And that is why today I have a love story for you, Vânia and Francisco’s love story. On the other day I write about how life plays with you and this is one of those stories. Not exactly the story about Vânia and Francisco, but between Vânia and myself. The thing is that I met Vânia a few years ago, while I was working in a consulting firm and to be honest I don’t remember the day or moment in which we met, but I know that our work led us to share a house in Angola for a few weeks. And I still remember taking pictures with her and the other girls resting on the balcony with the dogs we had back then at that place. 

And I was so far from imagining that one day, and I don’t think I eld believe it either, I would not only be working as a photographer, but that I would be the one photographing Vânia’s wedding. Life is full of surprises and this was a happy one, I’m honoured to be presented with these love stories, to be able to tell them and to share happy days with these happy people! A toast to their love!

IMG_0103 IMG_0109 IMG_0111 IMG_0119 IMG_0129 IMG_0134 IMG_0155

Um casamento num dos sítios onde mais gosto de fotografar – a Quinta do Hespanhol, e um casamento cheio de detalhes românticos, pensados e criados pelos noivos, familiares e amigos. As razões que me levam a adorar fotografar aqui são mais do que muitas, mas posso pelo menos indicar a simpatia das pessoas e o carinho com que sou sempre recebida, e a beleza natural e rústica da quinta, tão bem cuidada por quem lá vive e trabalha.

Para quem fotografa estes dias e tem um especial apreço pelos detalhes que fazem parte dos dias, este sítio é especial. E por isso é que mesmo depois de fotografar aqui tantas vezes este ano, continuo a não me fartar, porque além de ter sempre cantos diferentes para explorar, os casais são também diferentes e tem sido giro explorar um sítio que conheço tão bem, a partir do que estas pessoas também me dão criativamente.

**

This wedding happened to take place on one of my favourite venues – Quinta do Hespanhol. It was a very romantic wedding, with a lot of gorgeous details thought and created by the couple, their family and friends. The reasons that make me smile every time I book a wedding happening on this venue are several, but I can at least tell you two of them: the loving way I’m always treated and welcomed, and the natural and rustic beauty of this place, so well taken care of by those who live and work there. 

For those who photograph weddings and love details, this is a special place indeed. And that is why even after shooting so many times on this venue this year, I never get tired of it. There are always different corners to explore, the weather itself plays an important role and of course, the couples are always different and the way they make my creativity flow also makes a difference!

VF #2 IMG_0175 IMG_0184 IMG_0196 IMG_0201 IMG_0241 IMG_0254 IMG_0299 IMG_0302 IMG_0324 VF #4 IMG_0337 VF #3 IMG_0353 IMG_0416 IMG_0447 IMG_0450 VF #5 IMG_0466 IMG_0479 IMG_0482 IMG_0486 IMG_0491 IMG_0500 IMG_0509 IMG_0515 IMG_0522 IMG_0524 VF #6 IMG_0545 VF #7 IMG_0596 IMG_0610 IMG_0634 IMG_0649 VF #8 IMG_0710 IMG_0715 IMG_0719 IMG_0727 IMG_0784 IMG_0864 IMG_0970 IMG_0971 IMG_0989 IMG_1010 IMG_1028 IMG_1045 IMG_1053 IMG_1058 VF #9 IMG_1101 IMG_1109 IMG_1112 IMG_1116 VF #10 IMG_1131 IMG_1134 IMG_1143 IMG_1147 IMG_1179 IMG_1193 IMG_1201 IMG_1283 IMG_1352 IMG_1355 IMG_1357 IMG_1384 IMG_1395 IMG_1396 IMG_1410 IMG_1415 IMG_1420 IMG_1430 IMG_1535 IMG_1541 IMG_1578 IMG_1618

Local: Quinta do Hespanhol
Maquilhagem: Joana Moreira
Real Wedding Simplesmente Branco

Pedir informações * Ask for info!
Outros Casamentos / Facebook / Instagram / Pinterest

Travel Stories :: London Eye & Big Ben

London Photographs by Claudia Casal * Hello Twiggs

E com este post chegam ao fim as histórias de Londres! Afinal não foram assim tantos os dias e com esta viagem percebi que mesmo quando se quer fazer uma viagem de poucos dias, e se tenta aproveitar ao máximo a estadia com um vôo cedo na ida e um vôo tardio no regresso, o tempo foge-nos por entre os dedos.

**

And with this post, I get to the end of the London’s stories. After all, I wasn’t in London for that many days and with this trip I realised that even when you try to book your flight early in the morning when you’re going and late at night when you’re coming back, time slips through your fingers. 

London Photographs by Claudia Casal * Hello Twiggs London Photographs by Claudia Casal * Hello Twiggs

Este penúltimo dia foi passado entre alguns dos landmarks de Londres, como o Big Ben e o London Eye. Como fotógrafa, e sendo que as minhas primeiras viagens a Londres foram quando ainda pouco percebia de fotografia, tinha mesmo de passar nestes locais para os fotografar. Há cidades que são assim, têm landmarks que têm de ser vistos, por mais turísticos que sejam, mas depois de vistos podemos passar a outros lados.

Mas ainda assim, têm de ser vistos, porque há ali qualquer coisa, de tanto que os vemos em fotografias, na televisão, nas revistas… temos de os ver ao vivo, se tivermos essa oportunidade.

**

This second-to-last day was spent visiting some of London’s landmarks, like Big Ben and The London Eye. As a photographer, and because I knew nothing about photography when I visited London before, I really had to visit these. There are cities like this, they have landmarks that you really need to see, even if they are really touristic and if you’re not a very touristic person, you need to check these out. And then you can go ahead visiting whatever you want to visit!

Sometimes these landmarks are even so familiar to you that you feel like you’ve seen them a thousand times on photos, TV, magazines, the internet… but there’s this special feeling about being right there. 

London Photographs by Claudia Casal * Hello Twiggs

E o London Eye (pela sua localização junto ao rio e arquitectura bonita atrás) e claro, o Big Ben e o Parlamento são landmarks que têm de ser vistos. Dispenso sempre locais de grandes multidões, mas por aqui vale a pena passar e apreciar. O Big Ben seja ou não tão comum aos nossos olhos, é de facto bonito e todos os seus detalhes dourados merecem ser apreciados.

E depois nesta cidade há sempre aquele imaginário a funcionar relativamente à Casa Real. Não digo por pensar/sonhar com contos de fadas, bem sabemos que isso não existe e aqui nesta Casa Real muito menos ainda, mas saber que há uma sensação curiosa em estar aqui. Sempre tive algum apreço pela cultura inglesa, pelo countryside, pelas suas regras e formas de estar, e claro o sentido de humor. Quem é que se lembra do “Keeping up the appearances“, “Fawlty Towers” ou “Absolutely Fabulous“?

**

And the London Eye (for its location and beautiful architecture on the back) and of course, the Big Ben and the Parliament Houses are those kind of landmarks. I’m not usually the biggest fan of crowds, but I had to check these again and photograph them in every way possible. Big Ben is so pretty, all those golden details deserve to be appreciated, which actually leads me to another interesting point of discussion, that is the many times people pass by these landmarks, take pictures and don’t even take the time to appreciate what they are seeing. 

Then there is this different mood about London and the whole UK, much because of the Royal Family. Not because I dream/think about fair tales, as we know that those do not exist, but there’s this curious feeling about being here on the same city as they are. Other than the Royal Family, I’ve always had this thing for the english culture, countryside landscapes and architecture, their rules and of course, their sense of humor. Do you still remember “Keeping up the appearances”, “Fawlty Towers” and Absolutely Fabulous”?

London Photographs by Claudia Casal * Hello Twiggs

Depois daqui fomos para Convent Garden passear e almoçar (no Rossopomodoro), terminando o dia num rooftop de um hotel a gozar os raios de sol que são raros por Londres. O jantar foi num restaurante persa delicioso e bem acessível, para variar um pouco dos restantes.

Mas soube bem durante estes dias experimentar gastronomia diferente daquela a que estamos habituados, ainda que, na verdade, em Lisboa nem estamos nada mal servidos com a diversidade gastronómica! Se calhar nem sempre se aproveita essa diversidade, mas isso é outro tema!

**

After this, we walked to Convent Garden to have lunch at an italian restaurant (Rossopomodoro), and ending our afternoon on an hotel rooftop bar to enjoy the sun rays, that are so rare in London. Later we had dinner at a delicious persian restaurant, which wasn’t that expensive for our surprise and relief (!).

It was amazing to taste different food during these days, really good! Though, truth be told, in Lisbon we have a lot of different restaurants with food from all over the world, maybe we don’t enjoy them as many times as we should!

London Photographs by Claudia Casal * Hello Twiggs London Photographs by Claudia Casal * Hello Twiggs London Photographs by Claudia Casal * Hello Twiggs London Photographs by Claudia Casal * Hello Twiggs London Photographs by Claudia Casal * Hello Twiggs London Photographs by Claudia Casal * Hello Twiggs London Photographs by Claudia Casal * Hello Twiggs London Photographs by Claudia Casal * Hello Twiggs London Photographs by Claudia Casal * Hello Twiggs London Photographs by Claudia Casal * Hello Twiggs London Photographs by Claudia Casal * Hello Twiggs

No dia seguinte, e portanto o último dia, houve tempo para pouco mais que uma visita rápida ao Liberty, até porque chovia imenso e só tínhamos mesmo a manhã para gozar. Curiosamente, das últimas vezes que tinha estado em Londres (2008 e 2009) não conhecia sequer a existência do Liberty. Só depois com o contacto com os blogs é que soube que existia um tal de Liberty que era imperdível.

**

The following day, our last in London, there was just enough time to a quick visit to the Liberty. It was raining a lot, so an indoor kind of place would be perfect and Liberty was that place! It’s curious, because when I was in London a few years ago I knew nothing about this Liberty department store. It was just after I started this blog and started reading other blogs, that I knew about this place and how it was considered such an icon!

London Photographs by Claudia Casal * Hello Twiggs London Photographs by Claudia Casal * Hello Twiggs

A chover e com uma manhã tão cinzenta, só nos restava mesmo esta hipótese e assim começou a visita com um café no Liberty, que nos acolhe de uma forma tão charmosa e elegante nos detalhes. Numa mesa ao lado, em grupo de senhoras com bastante idade, cheias de requinte e a lembrar aquelas que todos os dias se encontram na Versailles para o lanche. Londres e Lisboa próximas nestas histórias.

**

So there we went, and we stated with a cup of coffee in Cafe Liberty, which welcomes you in such a charming way in every single detail and decor. On a table next to ours there was this group of old ladies who made me remember those ladies who gather for tea in Versailles in Lisbon. London and Lisbon so close in their stories!

London Photographs by Claudia Casal * Hello Twiggs London Photographs by Claudia Casal * Hello Twiggs

Depois perdi-me durante algum tempo na parte do estacionário, que é de perder a cabeça (e a carteira) com tantos padrões, cores, caderninhos, lapiseiras, e blocos de nota, agendas e tudo e mais alguma coisa em formato “giro-que-se-farta!”. E claro, não deixa de ser giro poder finalmente tocar com as mãos todas aquelas coisas que costumamos ver online, como a Rifle Paper & Co ou a Knot & Bow.

Após um almoço rápido foi hora de regressar a casa, a uma Lisboa bem amena, porque o verão não se tinha ido embora afinal! Lisboa é assim!

**

After coffee, I got lost in the Stationery department among so many beautiful colours, patterns, notebooks, calendars, pencils and so on, and so on… everything is oh-so-pretty and some of the things you are used to see them online, like Rifle Paper & Co or Knot & Bow

After a quick lunch, it was time to go home, to a warm Lisbon, because summer hadn’t left after all! Lisbon is just like that!

London Photographs by Claudia Casal * Hello Twiggs London Photographs by Claudia Casal * Hello Twiggs London Photographs by Claudia Casal * Hello Twiggs London Photographs by Claudia Casal * Hello Twiggs London Photographs by Claudia Casal * Hello Twiggs London Photographs by Claudia Casal * Hello Twiggs London Photographs by Claudia Casal * Hello Twiggs London Photographs by Claudia Casal * Hello Twiggs London Photographs by Claudia Casal * Hello Twiggs London Photographs by Claudia Casal * Hello Twiggs

More traveling:
Copenhagen / Malmo / Madrid / Seville /Amsterdam / New York

Google+ / Facebook / Instagram / Pinterest

“Queres casar comigo?” – a Festa

IMG_2742

A semana passada foi o lançamento do livro mais bonito do ano – “Queres casar comigo?” e foi uma festa doce por vários motivos. Além de me sentir particularmente feliz por ser um livro que contava com uma capa minha, o próprio livro conta com algumas das fotografias mais bonitas de casamentos feitas por colegas cujo trabalho admiro imenso.

E ainda porque foi uma festa com a presença de muitas pessoas que me são queridas, são colegas de profissão tornados amigos, colegas de profissão que ainda não conhecia, e outros tantos que conhecia apenas virtualmente, e que finalmente tive a oportunidade de poder dar um beijinho e um abraço!

IMG_2652 IMG_2657 IMG_2662 IMG_2664

A sala onde foi o lançamento era bonita e os sorrisos de todos aqueles que estavam presentes eram contagiantes, sorrisos de felicidade por fazerem parte de uma coisa bonita, sorrisos de orgulho por verem os amigos felizes. E assim dá gozo trabalhar!

Eu estava responsável por fotografar o evento, mas confesso que estava algo distraída com tudo o que se passava, com as pessoas com quem queria conversar um bocadinho, o champanhe que era servido e os deliciosos cupcakes da The Vintage Cake Company.

O livro está à venda nos sítios do costume e será sem dúvida uma belíssima prenda de Natal:

FNAC * Bertrand * Wook

IMG_2665 IMG_2672 IMG_2675 IMG_2680 IMG_2693 IMG_2694 IMG_2700 IMG_2705 IMG_2718 IMG_2726 IMG_2728 IMG_2729 IMG_2730 IMG_2731 IMG_2733 IMG_2740 IMG_2743 IMG_2749 IMG_2768 IMG_2773 IMG_2774 Obrigada a todos os que estiveram presentes e mesmo aos que não conseguiram, mas que foram felicitando pelo trabalho bonito! E um obrigada especial à Susana Esteves Pinto por todo o apoio dado desde o primeiro dia em que nos cruzámos e à amizade com que me tem brindado desde então!

Pedir informações – Fotografia de Casamento * Ask for info – Wedding Photography
Outros Casamentos / Facebook / Instagram / Pinterest

Travel Stories :: Portobello Road

IMG_3425

Se calhar achavam que já estava tudo dito sobre Londres, não? Claro que não… ainda há tanto para mostrar… bem, talvez não haja assim tanta coisa de sítios novos para partilhar, mas fotografias há muitas ainda. E como o S. Pedro nos tem brindado com dias cinzentos, cheios de chuva e muito pouco alegres, porque não viajar até Londres, até estas ruas cheias de cor, e por uns momentos fazer de conta que fomos arejar?

**

 If you thought I was over with the London posts, you are very wrong! Of course there is much more to share… well, I may not have a ton of new places to tell you about, but still I have a ton of pictures to share. And as the weather has been quite sad around here, why not travel to London, strolling around these coloured streets, and just for a few moments pretend that we were just there?

IMG_3404

Este passeio foi a parte da tarde deste dia. Depois de uma manhã cheia de chuva, cinzenta e pouco convidativa a passeios na rua, o dia acabou por se transformar e ficar muito mais feliz. Passear em Notting Hill em dias de sol é de facto bastante diferente, do que quando é feito em dias de chuva. Sendo este um bairro com tantas cores, se não pudermos aproveitar para apreciar em interferências de chapéus de chuva, há muito que se perde.

**

This walk was the afternoon part of this morning! After a very rainy morning, which wasn’t exactly inviting you to go outside for a walk, after lunch the day turned into a very beautiful sunny day, perfect for a walk in Notting Hill. I mean this neighbourhood is perfect for sunny days. Even if it’s raining, it’ll cheer you up, but nothing like embracing these streets without an umbrella to interfere!

Untitled-1

E por esta zona ser tão rica em arquitectura, lojas, o próprio mercado, cafés, livrarias… deixámo-nos ir simplesmente sem rumo. É tão bom passear assim, sem relógio, sem objectivo, sem hora marcada para ir aqui ou acolá. Por isso vale a pena ir mais do que uma vez aos sítios. Numa primeira vez é-se turista, e faz-se o check nos pontos giros, a não perder, mas que são muito turísticos também.

Numa segunda vez aprecia-se a cidade a uma velocidade diferente. Opta-se pelas ruas secundárias, bairros menos mainstream, por entrar em cafés e restaurantes que pareçam simpáticos mesmo que nada se saiba deles. Experimenta-se, goza-se a cidade como se lá vivêssemos, mas estivéssemos de folga. E é tão bom estar de folga em cidades bonitas, não é?

Vamos então passear por Notting Hill!

**

And because this neighbourhood is so rich in its architecture, stores, the well-known market, coffee shops, book stores… it’s very good to just wander without a destination in mind. And it feels so good to wander like this, no hours for anything, no specific goal, just wander. And we all know that “not all those who wander are lost”, right? This is why it’s always a good idea to return to a place where you’ve been already. On your first time you’re more like a tourist. You go to the landmarks, the places that you really want to see, but that you know it’ll be filled with tourists, just like you. 

On a second time, you start to appreciate the city on a different level, in a different way. You choose to go through less known streets, not so mainstream neighbourhoods, you choose to go inside coffee shops or restaurants, just for the sake of trying it out. You try different things, just like if you happened to live there, just like if that was your day off. And we know how a day off feels so good in pretty cities, right?

Let’s go for a walk in Notting Hill, shall we?

IMG_3408 IMG_3412 Untitled-2 IMG_3417 IMG_3425 IMG_3439 IMG_3441 IMG_3442 IMG_3446 IMG_3447 IMG_3450 IMG_3451 IMG_3452 IMG_3454 IMG_3458 IMG_3459 IMG_3461 IMG_3462 IMG_3466 IMG_3468 IMG_3470 IMG_3471 IMG_3473 IMG_3474 IMG_3475 IMG_3479 IMG_3488

Untitled-3

À noite tínhamos reserva no Momo, um restaurante maravilhoso, muito acolhedor e que nos leva até ao Norte de África, quer pela decoração, quer pela comida. É curioso como num beco da Regent Street, se encontra este cantinho bastante espaçoso, e nos afasta da confusão desta avenida.

**

Later we had dinner reservations at Momo, a wonderful north-african restaurant, with a marvellous and so cozy decor, you feel good and warm as soon as you step inside. It’s curious how you find this place at an alley on Regent Street, which takes you to a whole different continent and away from all the fuss on that avenue. 

IMG_3489 IMG_3491 IMG_3492 IMG_3493 IMG_3494 IMG_3495 IMG_3496 IMG_3497 IMG_3500

Este cordeiro estava divinal e tenrinho como manteiga. Por cima havia passas e amêndoas e pêra, tudo acompanhado de cuscuz, claro está!

**

This lamb was absolutely divine and so tender as butter! There were raisins, almonds and pear on top, all served with couscous, of course!

IMG_3505

More traveling:
Copenhagen / Malmo / Madrid / Seville /Amsterdam / New York

Google+ / Facebook / Instagram / Pinterest

Simple things :: Um domingo à terça-feira

Untitled-4

Quem trabalha como freelancer sabe que, dependendo da área em que trabalha, é muito possível que tenha de trabalhar aos fins-de-semana e feriados. Que esta coisa de folga nos dias habituais (sábado e domingo) é coisa que não nos assiste. Por isso, é preciso arranjar durante a semana essa folga que nos fará recuperar energias, arejar a cabeça, desligar do trabalho e ocupar o tempo com quem gosta de nós, com as coisas de que gostamos, ver o que não conseguimos ver ainda, visitar o que queríamos há tanto tempo, ou simplesmente perdermo-nos no tempo, porque um dia sem relógio sabe sempre bem.

IMG_1707 IMG_1709

Mas quem trabalha em casa conhecerá tão bem a dificuldade de desligar durante a semana. Basta às vezes acordarmos e sentarmo-nos ao computador com a desculpa de que se vai ver só qualquer coisa. E depois liga-se o mail só por curiosidade e quando se dá conta já são 4 da tarde e não se gozou tempo livre nenhum. E também não se trabalhou mesmo a sério.

A sensação de chegar ao final do dia e sentirmo-nos cansados, mas nem por isso conseguirmos identificar o que fizemos nesse dia, é uma sensação muito estranha de se gerir. Mas precisamente pela acumulação de cansaço depois de um ano de trabalho, pela dificuldade em nos concentrarmos, em nos organizarmos da melhor forma, e ainda com o peso na consciência de que estamos atrasados com algo (ou muitos “algos”), devemos forçar estas folgas. Mesmo atrasados no nosso trabalho, se estivermos cansados é certo que será pior.

IMG_1710 IMG_1711

Este ano tentei implementar uma regra – ao domingo não trabalhava. E assim aconteceu, salvo algumas exceções, mas acho que foi até uma regra bem sucedida. E de facto descansar ao domingo é ótimo. Não há qualquer pressão de ver sequer o mail. Não temos obrigação de fazer coisa alguma, porque é domingo. É um dia plenamente aceitável para se fazer rigorosamente nada!

Já durante a semana a coisa é sentida de forma diferente. Então e quando se trabalha ao fim-de-semana e quer-se/precisa-se desesperadamente de uma folga durante a semana? Como fazer para nos contrariarmos? Bem, combina-se com alguém que sofra do mesmo “problema” que nós e “forçamo-nos” a passar o dia todo fora de casa… a comer, a passear, a fotografar, a conversar e rir!

Untitled-1 IMG_1727

Por isso, eu e a Susana Gomes (cujo trabalho é bonito bonito e devem espreitar aqui!) marcámos logo nas nossas agendas que neste dia seria para estar fora de casa! E claro aproveitámos para nos fotografarmos uma à outra… Alguém já experimentou fotografar um fotógrafo? É fácil? Não, claro que não! Somos as piores pessoas para tal tarefa!

Mas fora essa questão, com o passeio agendado é certo e sabido que se chega a casa com a cabeça arejada, com a sensação boa de termos descansado, de termos estado com uma amiga, de termos aproveitado esta cidade e um dia lindo de outono!

IMG_1730

Portanto, tendo apenas como ponto de partida o pequeno-almoço no La Boulangerie, continuámos para a Avenida 24 de julho à procura d’A Pequena Galeria, mas que estava fechada. Continuámos em direcção à Ribeira quando decidimos ir almoçar ao Lx Factory, ao Burguer Factory (ver e salivar com as fotografias!) e visitar a Wish, uma loja onde apetece comprar tudo.

Dali rumámos à Baixa onde deambulámos pelas ruas, entrando e saindo de lojas, procurando retrosarias, procurando esta e aquela loja. E assim se passou um dia que soube a domingo, mas que era terça-feira.

Untitled-2 Untitled-3 IMG_1748 IMG_1749 IMG_1750 IMG_1756 IMG_1764 IMG_1768 IMG_1769 Untitled-4 IMG_1772

Podem ver aqui as fotografias da Susana.

Google+ / Facebook / Instagram / Pinterest